Notícia

Cenário econômico atual do Espírito Santo é tema na Super Feira

Saber sobre o atual cenário econômico, o que nos trouxe aqui e para onde iremos, é fundamental para qualquer negócio. Para explanar sobre o assunto, o sócio-diretor da DVF Consultoria e Parceiro da Fundação Dom Cabral no Espírito Santo, Durval Vieira de Freitas, palestrou sobre a economia do Espírito Santo dando informações valiosas para que os presentes pudessem refletir e saber onde se encontram.

De início, Durval lembrou que tudo na vida é cíclico e, por isso, é importante saber mudar a direção sempre que necessário para continuar sobrevivendo. Ele ressaltou que na economia, que tanto impacta a vida de todos, não é diferente. “Por isso é importante conhecermos o nosso negócio e, sem dúvida, a nossa clientela. Assim poderemos saber onde estamos e traçar metas para chegar onde queremos”, enfatizou.

Durante o encontro, o profissional conscientizou os presentes de que um meio importantíssimo para o fortalecimento do comércio é o associativismo: “Um palito sozinho quebra fácil, mas 50 não”, frisou, ao parabenizar a Acaps e demais órgãos de representatividade coletiva pelo trabalho.

Por fim, ele falou sobre o cenário econômico do Estado, explicando suas fases até os dias atuais e traçando possíveis estratégias para o futuro: “O Espírito Santo é um estado que exporta muito, porém, matéria bruta. Em contrapartida, importa muitos produtos já manufaturados, ou seja, importa mais caro do que exporta. E isso faz muita diferença na economia local. O dinheiro acaba ficando no local de origem do produto importado. E nisso saímos perdendo, comentou. Em seguida deu a dica: “É preciso fazer com o que o dinheiro fique aqui. Mão de obra qualificada e investimento em tecnologia é uma saída”, finalizou.



Publicado em 21/09/2016
Outras notícias