Notícia

Café Numero Um ganha selo “Produto 100% capixaba”

Promover a valorização dos produtos alimentícios fabricados no Espírito Santo e o fortalecimento econômico das indústrias por meio do uso de um selo “Produto 100% Capixaba”. Esses são os objetivos da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes), que juntamente com a Câmara Setorial das Indústrias de Alimentos e Bebidas, criou o movimento “Produto 100% Capixaba”.

A Buaiz Alimentos aderiu à iniciativa e já estampa o selo em suas embalagens de Café Numero Um Tradicional e Extraforte, reconhecendo seus produtos como 100% capixabas. Além de criar uma cultura de pertencimento e fortalecimento da identidade cultural do Espírito Santo, o uso do selo agrega valor ao empreendedorismo local, contribuindo para o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva.

Para Eduarda Buaiz, diretora-geral da Buaiz Alimentos, aderir ao selo “Produto 100% Capixaba” reforça o que a Buaiz Alimentos já tem como prática corporativa em seu dia a dia: priorizar fornecedores locais, gerando emprego e renda, e investir na qualidade do que é produzido para os capixabas. “O selo é mais uma forma de reconhecimento de empresas que são 100% capixabas, da qualidade do produto, das boas práticas de gestão, da padronização de produtos e da nossa busca permanente em fazer o melhor”.

A qualidade do grão produzido no Espírito Santo tem garantido reconhecimentos e premiações. No Coffee of the Year 2019, realizado durante a Semana Internacional do Café, no final do ano passado, os cafés capixabas conquistaram as principais colocações no ranking. Mais de 500 amostras de cafés, arábica e conilon, concorreram ao troféu de melhor do Brasil. Dos 35 produtores que foram para a final do concurso, dez eram do Espírito Santo, que ficou em primeiro lugar na categoria conilon e em segundo com o arábica.

Com foco na excelência de seus produtos, o Café Numero Um utiliza somente grãos capixabas selecionados e certificados com o selo de controle de pureza e qualidade da Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC). Além disso, todas as etapas de produção do café, plantio, colheita, moagem, torra, embalagem e distribuição, são feitas no Espírito Santo.



Publicado em 22/12/2020
Outras notícias